segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Romântica, eu ?

Achava que eu não era romântica, até alugar filmes de romance. Engraçado, como este gênero se tornou um vicio. Finais felizes, lições de moral, voltas por cima e ilusões.
Pena que na vida real não é bem assim, ás vezes é uma derrota atrás da outra, nessa hora eu penso, “a literatura e os filmes românticos não me preparam pra isso.
Tudo isso foi feito com o propósito de auto-ajuda, como os livros sabe... Você pode estar se sentindo uma merda, mais tudo dá certo, finais felizes com as esperanças renovadas.  


Dicas de Filmes: 
1. O amor não tira férias;
2. Ele não está tão afim de você;  

TERAPIA MILAGROSA
 Brigadeiro + Sofá + Tempo = Kit coração ferido

Amor, amor e amor ...

Sim, o amor é uma droga. 
  Te consome, não te deixa dormir, vicia, destrói e pior deixa cicatrizes. E quando você o confunde com a paixão? A danada custa passar o efeito, mais quando passa você sente que não era o que pensava.